Porque estou escrevendo

Percepção.  Venho já há mais de ano, me indagando: “Para onde as grandes corporações estão indo?”.

Com 53 anos, contador, economista, trabalhando há 38 anos profissionalmente, e tendo trabalhado em empresas multinacionais, há mais de 30 anos, tendo sido auditor por 20 anos e trabalhado na área comercial, nos últimos 13 anos, com atuação internacional, tenho me indagado constantemente:

-          “Para onde as multinacionais (ou parte delas) estão caminhando?”

Tenho contatos com grande parte de profissionais das maiores empresas mundiais e tenho escutado, ou observado, da maioria deles, os mesmos problemas, ou seja:

-     Falta de tempo

-          Falta de suporte com experiência

-          Estão estressados

-          Dificuldades de suas empresas atender seus clientes rapidamente, ou, adequadamente.

Tenho observado a deterioração de várias empresas, através de controles inadequados, informações erradas, enfim, frágeis, e tenho me perguntado/questionado:

-          POR QUÊ?

Em razão desses questionamentos, e me indagando: Até onde eu poderia estar tendo uma percepção correta?. Passei a selecionar artigos (a partir de janeiro/02), de profissionais conhecidos e reconhecidos, inclusive mundialmente, para com isso dar suporte a: idéias, pensamentos e, muito mais, percepção da minha parte, ou seja, de um profissional anônimo, porém, que tenta estar alerta sobre o futuro, ou, pelo que pensa que possa vir a acontecer nos próximos anos.

clique aqui para ver a apresentação

volta